Atrás da sombra

Persigo o movimento de um espaço sem luz.

Uma forma que se altera a cada tentativa de captura.

A cada aproximação, feito um vulto, me escapa.

Como uma miragem, me ilude, me dribla, desorienta.
Presa ao meu corpo, se esconde à minha volta.

Tão próxima mas intocável, inalcançável.

Sigo o que me segue.

Percorro diversos caminhos que se perdem, se embaraçam, se confundem, se traçam.

Partem do mesmo princípio, quase como um ciclo que não se completa.

Tornam-se rastros...

https://youtu.be/8Lbv35ookYo